A equipa de reportagem da Angop constatou hoje, segunda-feira, que no local foi já montada a tribuna principal que acolherá as entidades governamentais e convidados, ao passo que a avenida encontra-se já engalanada de dísticos e outras fantasias do Carnaval.

O desfile provincial, das duas últimas edições, realizou-se na principal avenida desta cidade, defronte ao Cine Clube “Comandante Bula”, que a par do largo Agostinho Neto tem sido também o local preferencial para esta manifestação cultural por oferecer espaço suficiente para dançantes e o público assistente.

Em declarações à Angop, o director provincial da cultura, Biluka Nsakala Nsenga, revelou que o governo provincial disponibilizou seis milhões de Kwanzas, para além de um milhão e 500 mil Kwanzas cedidos pelo Ministério da Cultura, para os prémios e demais encargos dos 19 grupos que participarão no desfile provincial, sete dos quais na classe infantil.

Sem avançar os montantes a atribuir aos grupos vencedores, o responsável precisou que o valor é abrangente as outras 26 agremiações na classe de adultos que vão dançar o Entrudo no município do Soyo.

Além de Mbanza Kongo, segundo ainda o director da cultura, concorrerão no desfile provincial grupos oriundos dos restantes cinco municípios da região: Soyo, Cuimba, Nzeto, Tomboco e Nóqui, na categoria de adultos.

“Todos os grupos, sem excepção, beneficiaram de apoios na concepção e aquisição de indumentárias, instrumentos musicais como batuque, entre outros meios necessários para a sua participação no Carnaval”, assegurou.

Como principal novidade, Biluka Nsakala Nsenga adiantou que um bloco de animação, constituído por funcionários e responsáveis de departamentos públicos, deverá desfilar no largo António Agostinho Neto.

Na edição 2017 venceu o grupo carnavalesco “ Estrelas do Tomboco, do município com o mesmo nome, na categoria de adultos, ao passo que na classe infantil a vitória recaiu ao grupo “ Sagrada Esperança, de Mbanza Kongo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.