Na abertura da acção formativa, a directora provincial da Cultura no Namibe, Iracelma Major, disse que o jurado é uma comissão encarregue de examinar os méritos dos grupos carnavalescos em várias vertentes, como a dança, alegoria, comandante, rainha, canção, bandeira e a indumentária.

Apelou para maior responsabilidade, seriedade e sigilo profissional, aspectos que têm dado muito trabalho na altura de avaliação dos grupos carnavalescos.

“O que nós pretendemos é que o Carnaval seja avaliado de forma seria e mais justa possível, não por simpatia, mas sim pelo nível de organização, trabalho e dedicação que cada grupo apresentou durante o desfile“, acrescentou.

No Namibe vão participar no desfile 21 grupos, sendo 12 de categoria de adultos e nove infantil.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.