Ao confirmar o facto hoje, segunda-feira, à ANGOP, o director do Gabinete local da Cultura, Turismo, Juventude e Desporto, José Albano Canombo, disse que o local escolhido oferece condições para que os grupos possam exibir-se e os populares assistam ao evento, além de ser de fácil acesso.

Quanto aos preparativos, confirmou estarem já garantidos os valores dos prémios, informando que a comissão organizadora tem sete milhões 95 mil e 549 kwanzas para suportar as despesas inerentes ao Entrudo provincial.

Em cada uma das categorias em disputa, adulto, infantil e dança tradicional, informou, serão premiados os três melhores classificados, anunciando que em adulto o valor vai de 900 mil kwanzas, para o 1º, 800 para o 2º e 700 mil kwanzas para o 3º classificado.

Em infantis o 1º vai receber 700 mil, 600 mil para o 2º e 500 mil para o 3º classificado, enquanto na categoria de dança tradicional o prémio vai de 300 mil kwanzas, para 1º, 250 para o 2º e 200 mil kwanzas para o 3º colocado.

José Albano Canombo anunciou que este ano os vencedores só serão anunciados um dia depois do desfile, para que o jurado tenha tempo suficiente para avaliar e trabalhar sem qualquer pressão.

Os títulos do Carnaval, nesta região do país, estão em posse dos grupos Ecos da Gruta, do município do Cachiungo, em adultos, Fogo da Paz, do município da Chicala-Cholohanga, em infantil, e Tuyula, do município da Caála, na classe de dança tradicional.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.