Falando à Angop, Francisco Manuel disse notar mudanças, por isso, considera ser um salto positivo dos grupos carnavalescos, pois não conseguiam fazer grandes mobilizações.  

“ O número de fazedores do Carnaval tem crescido, já conseguem levar aos palcos da competição muita gente”, disse.

Garantiu que foi feita uma mobilização a nível do município para apoiarem o grupo infantil Os Admiradores da Kazucuta do Hoji ya henda, na competição.

 Para a falange de apoio, disse, foram mobilizados músicos locais, grupos de dança, comerciantes e demais actores para darem o seu contributo nesta manifestação cultural.

Sublinhou que à população e os amantes do Carnaval continuam a afluir a sede dos grupos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.