Trata-se dos grupos União Operário Kabocomeu, vencedor da primeira edição do Carnaval após a independência de Angola (1978), o União Kazukuta (vencedor da edição de 2001), ambos a dançaram sob o ritmo da Kazukuta.

Os foliões vão ver ainda a desfilar na pista de rodagem da Nova Marginal os grupos União Etu Mudyetu, União Kiela e União Dimba Dya Ngola.

Já o distrito urbano da Maianga terá na Nova Marginal três colectivos, nomeadamente União 54 (com um título conquistado em 1998), União Jovens da Cacimba (vencedor da edição de 2012) e o União 10 de Dezembro (detentor dos títulos de 1991, 1999, 2002 e 2006).

O Rangel terá na Nova Marginal dois colectivos, concretamente o actual detentor do título, União Sagrada Esperança (2011 e 2014) e o União Twafundumuka.

Com um grupo, entre os 14 que vão disputar o título e o prémio de três milhões de kwanzas, está o distrito urbano da Ingombota, a ser representado pelo União Mundo da Ilha, recordista do Carnaval de Luanda (1980, 1982, 1983, 1984, 1987, 1988, 1997, 2000,2003, 2004, 2007 e 2008).

Os municípios de Viana, com o União Njinga Mbandi (vencedor da edição de 2013), e Cacuaco com o União Domant também farão parte da festa.

O União Povo da Samba será o único representante do distrito com o mesmo nome no desfile central.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.