Em declarações à ANGOP, o porta – voz da comissão preparatória do Carnaval, Paulo Salvador Cacoma, informou que encerradas as inscrições, a fase seguinte consistirá na formação dos responsáveis dos grupos sobre as técnicas que regerão o entrudo.

A comissão organizativa vai exigir que cada grupo carnavalesco tenha no mínimo 50 foliões e um máximo de 140.

A intenção é ver melhorada a manifestação cultural, em comparação com a edição anterior (2019), em termos de dança, música, alegoria e outras propicias no entrudo.

O título, na categoria de adultos, está em posse do grupo Daniel Bernardo e Nelson Condes (DBNC), enquanto o Baffus Produções é o campeão na classe infantil.

Os restantes oito municípios  não realizam desfile do Carnaval por alegada falta de condições para o efeito.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.