Utilizando o campo pelado da Regedoria para a sua preparação, os integrantes do grupo preparam, sob o olhar atento dos munícipes de Viana, ao detalhe todos os itens, como forma de descerem à Nova Marginal, no dia 4 de Março, munidos de todas as ferramentas para concorrer de igual com todos os participantes no Entrudo luandense.

Sob a batuta de Tony Mulato, o interventivo presidente o grupo, pelado da Regedoria recebe, todos os dias, segundo o responsável, os membros a colectividade para tratar ao detalhe à defesa do título, sem menosprezar os demais concorrentes.

Satisfeito com os resultados obtidos até ao momento, Tony Mulato manifestou à imprensa a ambição de preservação título, mas sem descurar dos demais e com a convicção de que vão à Nova Marginal dançar o Carnaval sem pensar em troféus, pois se assim não for pode tirar a concentração dos membros do grupo.

“É verdade que somos os detentores do título, mas não vamos à Marginal pensando em voltar a conquista-lo. Vamos sim com a missão de melhor representar o município de Viana e se conseguirmos manter o título em nossa posse melhor, caso contrario é sinal de que os outros também fizeram o suficiente para ganhar”, disse em entrevista à imprensa no final de uma visita da ministra da Cultura, Rosa Cruz e Silva, acompanha pelo vice-governador de Luanda, Adriano Mendes de Carvalho, do administrador municipal, José Moreno, entre outros responsáveis culturais.

Sob o ritmo da cabecinha, o grupo vai pisar a pista da Nova Marginal com 1750 elementos.

 Perfil do grupo

Fundado a 22 de Janeiro de 1979, participou em 7 edições. Venceu a edição de 2010 da Classe B. O seu Comandante é o Sr. António Domingos, o Rei o Sr. Adão Victor, a Rainha a Sra. Maria Salvador. Dança Cabecinha/Kabetula.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.