O grupo, o terceiro a desfilar no palco da Nova Marginal de Luanda, apresentou-se com mais de 200 foliões, sendo as cores vermelha e branca as predominantes nos trajes dos integrantes do grupo.

Oriundo do distrito urbano do Rangel, o grupo, que se apresentou pela primeira vez no Carnaval de Luanda, entra para história do Entrudo da capital angolana.

O União Operário kabocomeu, do distrito urbano do Sambizanga, com 726 pontos, ocupou a segunda posição, regressando, desta forma, a elite do Carnaval de Luanda.

A terceira posição foi ocupada pelo grupo União 54, com 691 pontos, enquanto o Etu Mudietu, com 670 pontos, e o Twabixila, com 616 pontos, ocuparam a quarta e quinta posições, respectivamente.

Os cinco primeiros colocados da classe B têm garantido a subida ao escalão A, em 2017.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.