Em declarações hoje, segunda-feira, à Angop, o professor referiu que o manual tem o objectivo de demonstrar a importância da toponímia na urbanização das cidades, bem como na homenagem e divulgação de figuras proeminentes da história angolana.

Fez saber que outro dos propósitos do livro é analisar, numa perspectiva histórico/ linguística, as causas da complexidade e da variedade da toponímia da província de Luanda.

O estudo, explicou, compreende também o período colonial e circunscreve-se nos distritos urbanos da Ingombota e Maianga.

"Propusemos  fazer  uma  abordagem  sobre  toponímia  dos  distritos  urbanos da  Ingombota  e  da Maianga, ambos espaços geográficos cuja  toponímia  é  muito  significativa  na  historiografia antiga e recente da cidade de Luanda", frisou.

Disse que o facto Angola ter sido colonizada por Portugal influenciou a toponímia do país, em particular na província de Luanda, onde existem muitos nomes de pessoas e de outras figuras lusitanas em ruas, largos, becos, praças e travessas.

Nsambu Vicente natural de Mbanza Congo, província  do Zaire, é mestre em Ciência  de Educação, na especialidade de Ensino de História de Angola, pelo Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED) de Luanda.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.