Em declarações à Angop, nesta quinta-feira, o porta-voz do grupo, Chance El Chadai, disse que a peça narra a história de um jovem (personagem Latildo), de família humilde, que  tenta de todas as  formas conquistar o amor de Boneca, uma jovem com origem Cabo-verdiana, herdeira de um património invejável.

Chance El Chadai informou que o evento visa comemorar o vigésimo quinto aniversário do grupo teatral Kipapumuno.

O colectivo é constituído por 10 integrantes, com idades compreendidas entre os 25 aos 35 anos.

Fundado em Julho de 2013, através do grupo Carnavalesco Amazonas do Prenda, o Amazonas Teatro é detentor de vários troféus nacionais e internacionais.

Já exibiu mais de sete peças, com destaque para  “ A matrícula”, “ Se não fossem as mulheres e Cemitério 38”, “Os hóspedes” e “Alembamento da Cantina”.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.