Em virtude das limitações impostas pela pandemia do coronavírus e do encerramento temporário da exposição de René Tavares, o Banco Económico e a “This is Not a White Cube” decidiram disponibilizar digitalmente um catálogo onde é possível conhecer a obra deste prestigiado artista.

De acordo com uma nota enviada ao SAPO, o catálogo, disponível para consulta no site do Banco Económico e também nas suas redes sociais, analisa, expõe e aprofunda os temas tratados em “Migrações e Coisas, Retalhos de uma História Só”. Este trabalho integra cerca de 40 obras produzidas entre 2012 e 2020, muitas das quais inéditas, e apresenta, através de dois núcleos distintos, uma variedade significativa de meios que vão da pintura ao desenho, passando pela fotografia e pela instalação.

René Tavares

Conforme destaca ainda o documento, separadas por séries – “Tchiloli Unlimited”, “Tchiloli Family”, “Thinking About Africa’s Future”, “New Colony of White African and Black European” e “Unknown Portraits – Ritual to Forget Enemies” -, nestas obras o santomense explora os temas da migração e do património que têm sido, ao longo dos anos, um motor consistente de inovação e criatividade na sua produção artística.

De relembrar que, formado na Escola de Belas Artes de Dakar, no Senegal, René Tavares ganhou em 2008/09 uma bolsa na École de Beaux Arts de Rennes (França) para desenvolver as suas pesquisas plásticas em Rennes (França). Integrou paralelamente o curso de fotografia do projecto ARC/Rennes e frequentou em 2011 o Mestrado em Ciências de Arte e do Património na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa. Já expôs em São Tomé, Lisboa, Paris, Bruxelas, Amsterdão, Luanda, Joanesburgo, Nova Yorque e na China. 

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.