Segundo informações enviadas ao SAPO, o principal objectivo do intercâmbio entre brasileiros e angolanos é fortalecer os laços entre os dois países por meio das suas culturas, que são muito parecidas. Sendo que durante a sua estadia em Angola, os artistas brasileiros vão formar jovens em diversas áreas, realizar palestras, apresentações gratuitas para as comunidades angolanas nos municípios do Cazenga e Cacuaco em Luanda, Barra do Dande no Bengo, Bailundo no Huambo e em Benguela.

Brasileiros no Cazenga
Brasileiros no Cazenga

O grupo de intercambistas composto por historiadores, escritores, actores, professores músicos e produtores culturais, foi recebido pela Globo Dikulo, organização responsável pela logística e permanência de todos os brasileiros envolvidos no projecto, que durante o período de estadia farão também, visitas de turismo em locais históricos de Angola, roda de conversa com artistas e produtores culturais locais, darão cursos de Economia Criativa, criação de oficinas de música, teatro, literatura, dança, contos, espetáculos de dança e música, lançamento de livros, amostras culturais e workshops para Jovens: Marketing Pessoal, Coaching de Carreira, com direito a certificado de participação e muito mais.

Brasileiros no Cazenga
Brasileiros no Cazenga

De referir que todos os dias são formados mais de 30 jovens em diferentes áreas, no centro de Formação Animarte, situado no município do Cazenga.

O projecto conta com o apoio do Colectivo Ombaka em parceria com a Banga Artesanato, em Benguela, os Caçadores de Excelência no Bailundo, Associação Palancas Negras e o Consulado Geral de Angola em São Paulo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.