A entrevista de Billie Eilish à revista GQ está a dar que falar nas redes sociais e os fãs da jovem cantora têm aplaudido online as suas confissões. Na conversa, além de ter contando que sente várias inseguranças em relação ao seu corpo,  a artista relembrou que sofre de depressão e ansiedade.

À revista, a jovem confessou que pensou em suicidar-se depois de ler um comentário negativo no Twitter. Billie Eilish recordou que a situação aconteceu há dois anos, em 2018, quando ficou conhecida em todo o mundo.

"É inacreditável. Quase que me matei por cousa de um comentário no Twitter há alguns anos. Só pensava na maneira como ia morrer", confessou, lembrando que o seu irmão Finneas, e a mãe Maggie O’Connel entraram no quarto a tempo. "Lembro de como me trouxeram de volta à realidade. Eles disseram ‘nós vamos buscar comida, vais ficar bem sozinha?’. Eu respondi sim, estou bem", confessou.

Apesar da resposta da filha, a mãe da artista pediu ao manager da digressão para ficar atento.

Na entrevista, Billie Eilish confessa que ainda hoje tem dificuldade em lidar com alguns ataques. "O Instagram coloca os comentários de quem segues, os meus amigos, no topo dos posts, mas se descer um pouco mais na seção de comentários, isso destrói o meu mundo. É tão difícil não ler o ódio", revelou.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.