A governante fez este apelo durante um encontro de auscultação com os membros da plataforma CONICA, no quadro da visita do apóstolo Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial (filiada à CONICA), que no passado sábado, 10, presidiu o culto ecuménico a favor da paz e do processo eleitoral em Angola.

Durante o encontro, a ministra Carolina Cerqueira apelou ainda ao respeito à Constituição de Angola, aos hábitos e costumes das comunidades angolanas, bem como o reforço das acções sociais em prol da juventude, visando incutir os valores do patriotismo, do trabalho socialmente útil, da concórdia, como forma de contribuírem para a consolidação da paz e da harmonia social.

Carolina Cerqueira aconselhou a igreja a continuar a orar a favor do país, da preservação da paz e da unidade nacional e que na sua actividade seja priorizado o respeito pela ordem pública, às autoridades e a formação dos líderes religiosos.

Por seu turno, o apóstolo Valdemiro Santiago fez uma apresentação da missão da igreja nas comunidades africanas onde está implantada, particularmente em Angola, África do Sul, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e Nigéria.

O apóstolo da Igreja Mundial realçou igualmente que as igrejas devem respeitar as Leis dos países em que estão inseridas, promovendo a coesão social e a solidariedade.

Relativamente a Angola, Valdemiro Santiago afirmou que o maior bem conquistado após a independência foi a Paz, que permite com que os angolanos concretizem os seus sonhos e melhorem as suas condições de vida, tendo destacado o papel do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, pela forma como tem dirigido os destinos da Nação Angolana.

Agradeceu o Executivo, através do Ministério da Cultura, pelo acolhimento e apoio na realização do culto ecuménico a favor da paz, reiterando o apreço ao povo  e a disposição em continuar a orar a favor da paz e da estabilidade social em Angola.

Estiveram presentes no encontro a secretária-geral do Ministério da Cultura, Luzia João, directora do Instituto Nacional para os Assuntos Religiosos, Ruth Mixinge, a directora do Gabinete de Comunicação Institucional, Marlene Gomes, o apóstolo Elias Pedro, da CONICA, e o representante da Igreja Mundial em Angola., bispo Luís Augusto de Araújo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.