O artista plástico António Tomás Ana, “Etona”, vai inaugurar a exposição com a peça única "Cegueira da justiça" a 31 de Julho, pelas 9 horas, em alusão e homenagem à mulher africana.

De acordo com uma nota da assessoria do Atelier Etona, a actividade terá lugar em Cacuaco, Luanda, nas medições do tanque de água e das pedonais.

“O que o artista pretende é também sondar as opiniões e quebrar mitos”, destaca ainda o documento.

Esta obra, cuja imagem não foi ainda revelada, assemelha-se à deusa grega da justiça, 'Témis', representando uma mulher com pano que venda os olhos e umas tantas pessoas às suas costas com as implorantes esticadas.

De referir que Etona pretende realizar várias exposições por quatro municípios da Luanda, com vista a verificar “o que resta da população rural em termos de sensibilidade artística” e consequentemente despertar o Estado sobre a necessidade de municipalização das artes.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.