A exposição denominada “JAANGO Nacional 2019”,  conta com as obras dos artistas Adriano Cangombe, Engrácia Gouveia, Osvaldo Ferreira e Serafim serlon e estará patente  até o próximo dia 23 de Outubro.

Sob co-curadoria a cargo de Evandro Guia e Nefwani Júnior, segunda Edição da exposição JAANGO Nacional 2019 retrata também aspectos sobre o quotidiano angolano.  A 1ª Edição teve lugar em 2011.

O responsável da galeria, Dominick Tanner, disse que  a plataforma Jovens Artistas Angolanos ou simplesmente  JAANGO Nacional, tem como objectivo  juntar os artistas angolanos, residentes em Angola e também na Diáspora.

Também  produtor de eventos, Dominick Tanner referiu que as obras surgem com a revisita de lugares comuns, reinterpretação de ideias, conceitos pré-definidos e a saída da zona de conforto.

O JAANGO surgiu em analogia ao local denominado em kimbundo  "NJango" ­ ou “Onjango” em Umbundo, espaço de reunião das autoridades tradicionais, comunidade e para a realização de rituais.

O local geralmente construido com tronco de árvores com cobertura de capim é aberto dos lados, de forma a permitir que as pessoas se reúnam para trocar ideias  e possam interagir.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.