De acordo com uma nota de imprensa a que a ANGOP teve acesso, o prémio foi instituído com o objectivo de valorizar o talento nacional e promover a divulgação de obras de autores desconhecidos no mercado literário angolano.

Conforme a instituição, o prémio é destinado a obras inéditas e com elevada qualidade em termos literários nos domínios do conto, romance, poesia e do drama (teatro), escritas em língua portuguesa, cujos autores devem ser cidadãos angolanos ou residentes em Angola há mais de três anos.

O Prémio Imprensa Nacional de Literatura vai contemplar a publicação da obra laureada e a atribuição de Kz um milhão de kwanzas ao vencedor.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.