O rapper norte-americano A$AP Rocky foi detido em Estocolmo no início do mês, suspeito de agressão com agravante, depois de uma briga de rua que foi gravada, informou o Ministério Público sueco. Segundo o TMZ, Kanye West e Kim Kardashian pediram ajuda a Donald Trump para que o músico seja libertado.

De acordo com o site, Kim Kardashian terá ligado para explicar o caso a Jared Kushner, genro do Presidente norte-americano. Trump terá depois oferecido a sua ajuda, defendendo que o rapper foi detido injustamente.

Mike Pompeo, secretário de estado, também está envolvido no caso e, segundo o TMZ, um membro do departamento de estado deverá viajar para a Suécia esta semana.

O Ministério Público da Suécia avançou que o cantor foi detido depois da briga, suspeito de agressão com agravante, com outras três pessoas, duas delas acusadas de agressão com agravante e uma de agressão.

A$AP Rocky, nascido em Nova Iorque, lançou o primeiro álbum em 2013, "Long. Live. ASAP".

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.