O trabalho em causa surge na sequência das orientações da UNESCO com vista a potencialização e atracção de visitas ao Centro Histórico de Mbanza Kongo, declarado a 8 de Julho de 2017 Património Mundial da Humanidade.

Durante a audiência, as duas entidades abordaram também o processo de candidatura do Cuito Cuanavale, tendo, a ministra transmitido informações detalhadas sobre os trabalhos em causa.

Adjany Costa, que esteve acompanhada da secretária de Estado para a Cultura, Maria da Piedade de Jesus, fez ainda uma abordagem em torno das Convenções Ractificadas e dos projectos em curso ligados ao Património Cultural e Natural e a realização da 2ª Edição da Bienal de Luanda-2021.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.