O projeto, comparado aos parques temáticos da Disney, inclui várias atrações de lazer e entretenimento, em particular parques temáticos, instalações desportivas e centros culturais, afirma um comunicado divulgado pelo ministério da Informação.

O governo espera que até 2030 a cidade receba quase 17 milhões de visitantes.

A primeira fase das obras terminará em 2022, segundo o comunicado.

O projeto integra o plano de reformas "Visão 2030", idealizado por Mohamed bin Salman, de 32 anos, filho do rei e príncipe herdeiro, que esteve presente na cerimónia.

A cada ano, os sauditas gastam milhões de dólares em visitas a parques temáticos nos países vizinhos, como Emirados Árabes Unidos e o Bahrein.

O objetivo do governo é fazer com que os sauditas - metade da população com menos de 25 anos - gastem o seu dinheiro no reino.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.