Selda, senhora de uma voz poderosa e inconfundível, neste concerto a que chama "O Meu Canto", no seu estilo musical versátil, vai apresentar um repertório diversificado, viajando pelo Soul Music e pelo Afro Jazz, passando pelos Blues e Bossa Nova. Interpretará temas da sua autoria e clássicos de nomes consagrados da música internacional, como Aretha Franklin, Belita Palma, Sara Tavares, Lura e Alicia Keys, entre outras.

Com informou um comunicado enviado ao SAPO, o repertório incluirá, entre outros, os temas “Palavras Doces”, “Morena de Cá”, “Renúncia”, “Namora Comigo”, “És tu e você”, “Mufete”, “Amor do Coração” e “Aquela Rua”.

Selda, nome artístico de Guiselda Tainara Salgueiro Portelinh,a nasceu no Huambo. Iniciou-se na música aos 12 anos, quando participou, como cantora, no festival de encerramento do fim do ano escolar. Aos 14 anos, iniciou-se na escrita com poesia e letras para temas musicais, depois de conhecer Zé Maria Boyote e Chicangala (Paulinho). Em 2005, juntou-se, como vocalista, à banda “The Kings”, onde permaneceu 4 anos. Em 2006, convidada pelo crítico musical Jomo Fortunato, participou no Festival Canção da LAAC, no qual foi eleita “cantora preferida do público”. Em 2008, participou no Festival Canção de Luanda, tendo ficado em 3º lugar e conquistado o prémio da melhor letra.
Participou no disco ”100% Angolano volume III”, produzido por Chico Viegas. Já gravou um disco (“Morena de Cá”), que tem participações vocais de Paulo Matomina e Toty Sam’ed. Em 2012, ganhou o prémio de “Voz Revelação” no Top Rádio Luanda. Também nesse ano, foi a Melhor Voz Feminina no Troféu Moda Luanda. No Angola Music Award de 2012, foi nomeada nas categorias de Melhor Álbum Acústico, Melhor Compositor, Voz Feminina e Melhor Música do Ano. Está prestes a lançar o seu segundo trabalho discográfico.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.