Antes da suspensão das aulas, segundo a responsável da Biblioteca, que reabriu em Julho, Laurinda Chissola, a instituição registava 30 a 40 leitores/dia.

Apontou igualmente a falta de hábito de leitura por parte dos jovens e não só, como uma das causas da fraca adesão.

Considerou que a biblioteca é parte da comunidade académica e desempenha um papel preponderante no apoio às componentes científicas, técnica e pedagógica, da comunidade em que se encontra inserida, permitindo assim o crescimento global da sociedade.

Laurinda Chissola defendeu a criação de serviços de apoio à pesquisa nas instituições académicas, na perspectiva de se criar grupos mobilizadores para o incentivo a leitura.

Com duas salas de leitura, a Biblioteca possui 15 mil, 425 livros diversos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.