Nsoki também subiu ao palco, não apenas para cantar, mas também para receber dois dos prémios da noite, o de Melhor Afro-jazz e Melhor Videoclipe. O mesmo número de distinções receberam Matias Damásio, Yuri Da Cunha e Pérola, que não puderam estar presentes nesta edição dos AMA.

Álbum do ano: Matias Damásio (Por amor)

Artista feminino: Pérola

Artista masculino: C4 Pedro

Artista revelação: Bass

Grupo do ano: Afrikanas

Melhor afro-house: Os Banah

Melhor afro-jazz: Nsoki

Melhor gospel: Nádia Mayembe

Melhor kizomba: Yuri da Cunha

Melhor kuduro: Elenco da Paz

Melhor música popular: Pérola

Melhor produtor: Nelo de Carvalho

Melhor R&B/ Soul: Mona Nicastro

Melhor rap/hip hop: Prodígio

Melhor semba: Eddy Tussa

Melhor videoclipe: Nsoki

Melhor DJ: Paulo Alves

Melhor música do Ano: Matias Damásio

Melhor show do ano: Kyaku Kyadaff

Melhor artista digital altafonte- Vlado Coast

SAPO Awards - Artista mais popular da internet: Dizzy Diddy

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.