A informação foi prestada pelo fundador e director-executivo dos AMA, Daniel Mendes, durante a conferência de imprensa relacionada com evento que decorreu hoje em Luanda. O motivo para a ausência, segundo o responsável, deve-se a motivos profissionais, pois os três músicos estarão em Moçambique, em turné.

Quanto às críticas que têm sido feitas por alguns músicos nomeados, em relação aos AMA, Daniel Mendes retorquiu que estas vêm da parte de artistas que nunca ganham prémios, com estes a esquecerem-se que estar nomeado já é uma vitória.

"Só se atira pedra à manga madura porque, crua ou podre, nunca interessou a ninguém. Só se critica se a coisa estiver a ser feita”, apontou. “Houve uma evolução da primeira para a sexta edição e é preciso que olhem para os AMA como um evento de todos."

Se ainda não votou no seu artista favorito ainda pode fazê-los até às 00h00 desta sexta-feira.