A iniciativa cultural do Grupo RNA-EP, que vai ser promovida no dia 2 de Outubro, no Centro de Produção da Televisão Pública de Angola (TPA) no Camama, sem a eleição do artista “Mais Querido”, vai recordar diferentes momentos da história musical, como nação independente, num formato diferente, devido à pandemia do covid-19.

Na actividade, vencedores do Top dos Mais Queridos e outros cantores vão interpretar o reportório da homenagem, podendo alguns deles cantar as suas próprias canções, num show sem público, transformando o evento numa “ Live comemorativo aos 45 anos de Independência.

O show será transmitido nas rádios do Grupo RNA-EP, nos canais TPA1, TPA Internacional e nas plataformas digitais.

Ao intervir no acto de apresentação, o director nacional do Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente, Euclides da Lomba, reafirmou o apoio institucional ao projecto que vai continuar a contribuir para o fortalecimento da cultura nacional.

Por seu turno, o Presidente do Conselho de Administração da RNA-EP, Pedro Cabral, reconheceu o empenho dos profissionais que ao longo dos 45 anos contribuíram na gravação de músicas que fazem parte da memória colectiva dos angolanos.

O director de Marketing do Banco de Fomento Angola (BFA), Nelson Correia, empresa patrocinadora do evento, mostrou-se satisfeito pelo convite para apoio a um projecto que representa a identidade angolana, através da música.

A edição 2020 vai denominar-se Top dos Mais Queridos BFA-2020, sob o lema “ O contributo da RNA na produção, promoção e divulgação da música angolana".

Yannick Afroman, com a  música "Bakongo", conquistou a edição de 2019.

O Top dos Mais Queridos é uma iniciativa cultural da Radiodifusão Nacional de Angola-EP (RNA-EP) que visa premiar as músicas de cantores individuais ou bandas mais ouvidas nos seus canais, envolvendo os ouvintes pela votação no processo de selecção das canções em concurso.

Historial do Top dos Mais Queridos:

Com três edições ganhas desde o longínquo ano de 1982, o músico Pedrito continua a ser o recordista do Top dos Mais Queridos. Pedrito venceu a primeira edição realizada em 1982, repetindo os feitos em 1984 e 1986.

Na segunda posição aparecem Jacinto Tchipa, vencedor em 1988 e 1989, e Matias Damásio, que conquistou o top em 2007 e 2013.

De 1992 a 2000 não se realizou, devido ao conflito armado no país.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.