O evento do “corte de fita” para próxima edição do concurso que elege o “Mais Querido da Música Angolana” decorreu nesta quinta-feira, 13 de Junho, no restaurante Miami Beach, na Ilha de Luanda.

Com a gala de consagração a acontecer a 5 de Outubro, no CCB, em Luanda, considera-se oficialmente aberta a “corrida” para o mais alto título do mais antigo concurso de música popular urbana de Angola, o Top dos Mais Queridos. Em 2018, com um total de 19,37% dos votos, Kyaku Kyadaff, autor do hit “Mónica”, conquistou a atenção do público e arrebatou não só o grande título do evento, como também a quantia monetária de dois milhões de kwanzas.

Para esta edição, a consagrada actividade pretende homenagear os “Cantares da Terra” e condecorar “O Mais Querido” e o vencedor do “Prémio da Crítica”.

“Nos próximos dois meses aproximadamente, os nossos ouvintes têm a missão de escolher os dez artistas ou banda musical que vão disputar a fase final do concurso”, referiu em discurso a comissão organizadora.

Por outro lado, Heráclito Guimarães, que também integra a organização do concurso, fez questão de realçar as diferentes formas de votação.

“Todos podem votar através do website oficial do concurso, por SMS para o número 999616161, pela nossa página de Facebook, ou ainda por via dos programas da RNA. O regulamento e todas fases de votação podem ser encontrados no website oficial do Top. Reitero que músicos são elegíveis com músicas lançadas de 1 de Outubro de 2018 a 1 de Outubro deste ano”, frisou.

De referir que o TOP dos Mais Queridos foi lançado há 37 anos, pela RNA, e premeia as músicas de cantores individuais ou bandas mais ouvidas nos seus canais de rádio.

Confira as fotos:

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.