O SAPO também marcou presença, bem como alguns músicos e rostos conhecidos do showbiz angolano.

Revelações como a entrada dos TRX foi então um dos pontos mais importantes da noite, por serem eles um dos grupos de rap da “nova escola” com muitos fãs e aceitação do público actualmente.

Para Ady Buchecha, um dos membros dos TRX, o contrato com a Banzelos Nation aconteceu pelo projecto apresentado ao grupo pela produtora. “O projecto da Banzelos é excelente. Nós conhecemo-nos e temos uma boa interacção com dirigentes da mesma e foi só por isso que aceitámos. Decidimos juntar o útil ao agradável, porque sempre estivemos juntos”, disse Ady Buchecha.

Além da TRX, a Banzelos Naction anunciou também os seguintes artistas: Alfredo Yung, Kelson Mário e Pzee Boy, Nilda Catumbela, Edna Mateia, sendo que os Trigo Limpo, Zona 5 e Titica estão já há mais tempo na produtora.

A Banzelos Nation pretende crescer além do agenciamento de artistas. Na noite de ontem, os seus responsáveis anunciaram que, já em 2019, serão conhecidos muitos outros projectos da produtora, sendo que um deles envolverá o sector desportivo.