O elenco é constituido por Botto Trindade, Brando, Teddy Nsingi, Zé Mweleputo e Pop Show (guitarras solo), Zeca Tirileny e Gegé (guitarra ritmo), Dulce Trindade (guitarra ritmo e baixo),  Carlitos (guitarra baixo), Joãozinho Morgado, Habana Mayor e Chico Santos (percussão),  Raul Tolingas Zé Fininho e Didi da Mãe Preta (dikanza), Hóracio da Mesquita ( concertina), Juca Vicente e João Diloba (bongos).

Contará ainda com a participação especial de Carlitos Vieira Dias, Eduardo Paím, Nanuto, Mário Gomes, Pirika, Matilsom Bas, Luís Massy, Sanguito, Mike Pemba e João Sabalo nos metais, bem como o União Operário Kabocomeu, nas cornetas.

O projecto tem como objectivo documentar a história da música popular urbana angolana, através do recurso a registos imagéticos, documentais, orais e musicais, ocupando-se, essencialmente, da sistematização de distintos factos que ajudaram a dar forma a um dos mais apreciados patrimónios artísticos, nomeadamente o semba.

De acordo com o responsável do projecto, Nok Nogueira, pretende-se ainda valorizar e preservar o formato musical, os elementos e outros fenómenos que concorreram para a construção do imaginário cultural, assim como a cristalização do processo de formulação estética do cancioneiro popular urbano angolano.

O projecto visa ainda criar obras e produzir eventos que sirvam de veículos de informação, dando a conhecer a história da música popular urbana nacional.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.