Depois de seis concertos no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, Madonna seguiu viagem para Londres. A artista norte-americana tem apresentado o espetáculo da digressão "Madame X" no London Palladium.

Na sua conta no Instagram, a 'rainha da pop' revelou que a sala de espetáculos "cortou" o seu concerto às 23h00, hora agendada para o final do espetáculo - segundo a BBC, os responsáveis pelo teatro desceram a cortina do palco e desligaram o som e as luzes.

O site britânico avança ainda que o London Palladium avisou antecipadamente Madonna de que era obrigatório terminar o concerto até às 23h00.

Na sua conta no Instagram, a artista acusou a sala de "censura". "Os artistas estão aqui para perturbar a paz", frisou Madonna, explicando que a sala de espetáculos "decidiu censurar" cinco minutos depois das 23h00.

Segundo Madonna, a cortina, "que pesa nove toneladas", não desceu totalmente. "Felizmente pararam a meio e ninguém se magoou", contou a artista, agradecendo ainda ao público.

Veja o vídeo do momento:

Madonna afirmou que o London Palladium tentou "censurá-la" interrompendo um concerto depois que ela

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.