João Macedo, de 32 anos, e Miguel Faria, de 37 anos, são ambos deejays e formam a dupla Mayze x Faria. À conversa com o SAPO, as estrelas do djing contaram que a parceria nasceu de uma amizade de dois ‘miúdos’ que partilhavam o mesmo sonho e amor pela música.

“Contamos já com 15 anos deste projecto e esperamos continuar por muitos mais pois é isto que gostamos de fazer. Os ‘culpados’ disto tudo também são as pessoas que nos têm acompanhado, apoiado e nunca deixaram de acreditar neste nosso projecto. Sem elas tudo isto não fazia sentido. De nós podem sempre esperar uma coisa: continuaremos a dar-vos boa música, espalhar alegria e criar bons momentos”, começaram por revelar.

Acerca da sua mais recente passagem por Angola, por sinal já a terceira, a dupla frisou:

“Angola já faz parte de nós. Desde a primeira vez que pisámos este solo e respirámos este ar ficamos conectados a este lindo país. Esta tour fez-nos ainda apaixonar mais...” disseram os artistas que encantaram centenas com a sua magia na mais recente edição do “Social Surf Weekend”, em Cabo Ledo, e no grande show “The Gentleman”, de C4 Pedro, no palco do Clube S, em Luanda.

Mayze x Faria

Durante a conversa, a Mayze x Faria, assumiram ter ficado deslumbrados com a beleza da Ilha e da Baía de Luanda, fizeram um apelo a quem ainda não conhece o país e revelaram gratidão pela forma como foram recebidos.

“Nesta estadia tivemos ainda o prazer de visitar vários pontos da cidade de Luanda e ficámos simplesmente rendidos a tudo. As pessoas respiram felicidade e alegria, a ilha e a Baía de Luanda são dos locais mais mágicos que visitámos. A gastronomia é a união perfeita... Visitem Angola e vão entender o que estamos a dizer, vão apaixonar-se. Somos gratos ao povo angolano por nos receberem sempre tão bem, o que nos deixa sempre saudades enormes”, admitiram.

Mayze x Faria

A música “Mussulo” é um dos temas da dupla portuguesa de deejays que afirma o seu amor por Angola.

“Na segunda vez que viemos a Angola para um show no Clube S, estávamos ao pé do mar a aproveitar o sol e uma boa cerveja, foi então que decidimos criar um tema dedicado à jóia que Angola tem, Mussulo. Já tínhamos recolhido alguns sons provenientes de tribos e gentes de Angola e iniciámos ali a nossa música. Mais tarde, já completa, foi editada pela conceituada editora australiana Sweat It Out. A faixa tem sido tocada em todo mundo e por muitos deejays de renome”, disseram ainda os dois artistas que manifestaram interesse em realizar parcerias com estrelas angolanas.

Mayze x Faria

Para concluir, questionados sobre qual o ponto mais alto que esperam tocar algum dia, os deejays remataram:

“Achamos que na vida o mais importante é continuar a persistir no sonho, recolher sorrisos e dar momentos de alegria a todos.  O palco ou o local pode ser qualquer um, desde que tenha todos os ingredientes para uma boa festa”, finalizaram.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.