Em declarações hoje, segunda-feira, à Angop, a vocalista principal do grupo, Esperança Simão, revelou ser pretensão das “JES” a combinação do zouk com outros estilos musicais, contrariamente ao mais comum, o que poderá constituir uma mais-valia para o music-hall malanjino em particular e angolano, em geral.

Frisou que o grupo tem já 5 músicas gravadas, nomeadamente "Ingrato", "A Beira-Mar", "Tarracho", "Homem dos Sonhos" e "Desculpas", no estilo combinado Zouk e RNB, numa altura em que está ainda em estúdio outras faixas que aguardam por patrocínio para gravacão, que constarão no álbum ou “single” promocional com que a dupla pretende estrear-se no mundo da música.

Por outro lado, Esperança Simão considerou que a música em Malanje tem desenvolvido satisfatoriamente, justificando tal afirmação com a presença de músicos da região em importantes montras da música nacional.

Por isso, acrescentou haver necessidades de se apostar cada vez mais neste segmento cultural por parte dos empresários, de modo a que os músicos locais deixem de recorrer à Luanda para patrocínios e consequente produção dos respectivos álbuns.