Em declarações à Angop a propósito do estado actual da cultura na Lunda Sul, o responsável afirma que a música tradicional Tchokwe está a perder a sua sonoridade e a originalidade.

Gabriel Tchiema apontou ainda a carência de instrumentos tradicionais e de executores para a produção da música folclórica como uma das principais causas do problema, obrigando os músicos da nova geração a recorrerem aos modernos.

Apelou os fabricadores dos instrumentos musicais tradicionais da cultura Lunda Tchokwe para retomarem a sua produção, com vista ao relançamento do folclórico original.

Acrescentou que a conclusão e a entrada em funcionamento da futura Casa da Cultura este ano, que terá espaços para formação de artistas, no campo de canto, instrumentalização e outros, contribuirá para o resgate da mística.

O gabinete provincial da Cultura controla cinco bandas e 29 grupos musicais, 20 músicos individuais, 11 grupos gospel, cinco grupos de teatro, cinco artistas plásticos, 10 promotores de eventos culturais, três  associações, sendo uma de Carnaval, de compositores e de dança.