Na companhia de Heavy C, o renomado rapper assina o primeiro concerto da nova temporada de duetos, a 29 de Fevereiro, no palco da Casa 70, em Luanda.

Como definiria este dueto?

Gutto: Definiria este dueto como "imprevisível" mas acima de tudo acho que nos vamos divertir muito. Somos ambos muito criativos.

Que expectativas tem para o tão aguardado momento?

- Prevejo um show bastante descontraído, com muita interacção com o público e acima de tudo muita nostalgia.

Como descreve o Heavy C enquanto artista?

- O Heavy é um ‘powerhouse’ da música angolana, um óptimo autor/compositor e acima de tudo um showman. Sempre admirei o seu trabalho mesmo quando não dava a cara mas estava nos bastidores.

Consegue indicar pelo menos três canções de Gutto e três canções de Heavy C que não podem faltar nesta noite?

- Claro, as minhas canções são “Às vezes”, “Debaixo dos Lençóis” e “Ser negro”. Já as de Heavy C arrisco “Como Me Sinto Eu”, “Quando a Mulher se Cansa” e “Homem Casado”.

Como será regressar a um palco angolano?

- Regressar a um palco angolano é como voltar a casa e rever a família. Gosto da forma como os meus fãs angolanos sentem a minha música. É um público único, emotivo e verdadeiro, por isso sei que se aplaudem e cantam é porque realmente sentem profundamente o que ouvem.

De relembrar que a quarta temporada de “Duetos N’Avenida” contará ainda com espectáculos das duplas Miguel Buila e Bambila (11 de Abril), Grupo Kituxi e Yuri da Cunha (25 de Abril), Livongh e Ivan Alekxei (30 de Maio) e Don Caetano e Puto Português (27 de Junho).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.