Em declarações à Angop, a propósito do actual estado da música gospel no país, a Irmã Bela Makaya reconheceu que o movimento está a crescer, embora carece de mais oportunidades e espaços para os cantores, principalmente os novos talentos, mostrarem as suas criações.

Segundo a cantora, o estilo  gospel, comparativamente aos outros géneros musicais, tem  tido menos oportunidades, situação que desmotiva a classe.

Apelou, por isso, aos empresários e agentes artísticos a apostarem mais neste estilo musical, por ajudar as pessoas a reforçarem a sua fé, transmite valores, entre outras mensagens positivas.

Informou, por outro lado, que vai efectuar o  lançamento do seu segundo disco intitulado “Nzola”, ainda este ano.

Este CD, destacou, conta com a participação do músico Guy Destino, além de outros cantores do estilo gospel.

A cantora, que nasceu na província do Uíge, começou a cantar em coros da Igreja Católica, mas foi há dez anos, na Igreja Petencostal, que iniciou a carreira a solo.

Lançou o seu primeiro álbum, intitulado “Paz em Angola”, em 2013.

Entre os seus maiores sucessos realçam-se os temas “Abraço o seu Coração”, “Nada Temerei”, “Jeová”, “Adoração”, “Mateus 7.7”, “O Mundo Passará” e “Paz em Angola”.