Em nota de condolências a que a Angop teve acesso, o Mincult destaca que Filemon fazia parte de um grupo de jovens artistas que nos últimos anos têm dado um valioso contributo na valorização, divulgação e internacionalização da cultura angolana, através da música.

"Integrante de um grupo constituído por jovens, o artista deixa a sua marca no mercado musical angolanos pelas composições criadas, trabalhadas a base do R&B, um estilo que ganhou espaço e notoriedade no país entre os jovens angolanos", lê-se na nota.

O músico e produtor, integrante do grupo Dream Boyz, distinguido pela sua forma peculiar de cantar mais virado pelo R&B, nasceu no Rio de Janeiro (Brasil), em 1987.

Em  2008 começou a sua carreira musical.