O cantor conhecido nas lides musical como Estado Maior do Kuduro fez uma incursão pelos seus melhores sucessos dos álbuns” O Quatro”,  “A Dança dos Lambas”  e o  “Arquitecto da paz”.

O espectáculo contou ainda com a actuação dos músicos Mário Single, Lá Dupla D, os ADM, irmão Mussili, Eudrez, Projecto Mwapa e Namaiza Antunis.

O governador do Cunene, Vigilio Tyova,  que presenciou  o show, manifestou-se satisfeito pela onda de  solidariedade para com as populações afectadas pela seca  na região.

Realçou ser um contexto difícil  para região, onde 857 mil e 443 pessoas enfrentam problemas de falta de alimentos e de água, realçando a importância das distintas sensibilidades da vida sócio-económica e política do país e da província, prestarem o seu apoio.

Apesar dos esforços do Executivo e dos demais organismos públicos, da sociedade civil que se juntaram a causa solidária para com às populações do Cunene.

Actualmente, a província necessita de pelo menos 35 mil toneladas mês para acudir as mais de 800 mil pessoas num período de  um ano.

O evento inseriu-se  nas festividades do dia da província do Cunene, assinalado a 10 de Julho, data que assinala a desanexação  do então distrito da Huíla, em 1970, fundada pelo General Pereira N'Dença.