Para a sua primeira viagem ao continente africano, o famoso cantor brasileiro Naldo Benny escolheu o país da palanca negra gigante como destino.

Durante a conversa com o SAPO, a realização do desejo de conhecer um pouco da história do país e a vontade de regressar e desenvolver parcerias com músicos locais, traduziam as emoções do artista que já chegou a trabalhar com Anselmo Ralph.

Naldo Benny, que revelou ter uma relação de amizade com alguns angolanos residentes no Brasil, foi a estrela principal da 2ª edição do “Pankadão” em Luanda e contou ao SAPO a sua satisfação em relação ao convite.

“Está é a primeira vez que visito o continente africano e Angola em especial e estou muito feliz pela recepção. Era um desejo meu conhecer este país, até porque tenho muitos amigos angolanos no Brasil. Só posso dizer que é indescritível toda essa troca de carinho e boas energias”, afirmou.

Questionado acerca da efectivação de parcerias com músicos locais, Naldo Benny admitiu que não conhece muitos cantores angolanos, porém, há dois anos, teve oportunidade de participar da gravação do DVD de Anselmo Ralph o que abriu posteriormente a porta para uma amizade e uma nova música entre ambos.

“Com o Anselmo eu tenho uma relação de amizade pessoal e artística. Ele esteve no Rio de Janeiro na minha casa e aproveitamos para gravar uma música que ainda não lancei. Entretanto, quero muito conhecer outros artistas da música angolana”, acrescentou.

A finalizar a conversa, Naldo Benny deixou bem patente a sua intenção de voltar ao país.

“Sem dúvida essa não será a minha primeira vez em Angola, amei tudo aqui. Fiquei muito feliz pelo que pude ver nas ruas e no shopping, as demonstrações de afecto foram geniais. O povo angolano é muito educado”, concluiu.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.