Depois do sucesso das duas primeiras edições do concurso Angola Music Awards, a organização continua a inovar a favor da música angolana. A nova aposta é a internacionalização dos artistas angolanos e a descentralização da gala de entrega de prémios.

Com vista à valorização internacional dos artistas angolanos, a organização já começou a promover os vencedores da 2ª edição da competição.

"Se em Outubro estabelecemos uma parceria com os Mozambique Music Awards que levou ao respetivo evento os vencedores da edição 2014, Gabriel Tchiema e DJ Paulo Alves, parceria esta que sucede a acordos idênticos de promoção externa da música angolna, já estabelecidos com a Namíbia, África do Sul, São Tomé e Príncipe e Cabo Verde. Agora é a vez dos Angola Music Awards chegarem a Portugal", informa a organização em comunicado de imprensa.

De realçar que no próximo dia 15 de Novembro, o MEO Arena, em Lisboa recebe a primeira edição do Festival "Angola ao Vivo – Festival da Dipanda", organizado em parceria com a organização dos Angola Music Awards, e que contará com a participação de 4 dos vencedores da edição 2014 da competição: Kyaku Kyadaff, N’Soki, Sandra Cordeiro e DJ Paulo Alves. O concerto tem como objectivo celebrar os 39 anos da independência de Angola.

As inscrições para os Angola Music Awards 2015 arrancam no dia 17 de Novembro e têm como novidade permitir inscrições online em www.angolama.com e o período de inscrições decorre até 16 de Janeiro de 2015, para permitir a inscrição de todos os artistas com trabalhos editados em 2014.

A Gala dos Angola Music Awards 2015 terá lugar a 30 de Maio de 2015, na cidade de Saurimo, na Província da Lunda Sul. Quanto a novidades no quadro de categorias a concurso, a edição de 2015 vai incluir categorias dedicadas a programas de Rádio e TV que cumprem com a nobre missão de promover a música angolana, bem como ainda uma menção honrosa para o trabalho de divulgação artística na província que recebe a Gala de atribuição de prémios.

Os Angola Music Awards 2015 são uma organização do Grupo Mener, em parceria com o Governo Provincial da Lunda Sul, dos Ministérios da Cultura, da Juventude e Desportos e da Hotelaria e Turismo, e ainda, UNAC e SADIA.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.