McCartney, cuja obra anterior "New" data de há cinco anos, explicou que o título "Egypt Station" remetia para uma pintura da sua autoria e para uma "viagem caleidoscópica através de uma miríade de territórios musicais".

Em "Egypt Station", cada título corresponde a uma estação, disse McCartney no seu site, citado pela agência France Presse.

O músico disse ainda que o álbum abrirá e terminará com duas faixas instrumentais intituladas "Estação I" e "Estação II".

A discográfica internacional de McCartney recorda igualmente a banda de Liverpool, e o modo como a celebração dos 50 anos do lançamento de "Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band”, no ano passado, inspirou o músico: "Come on to Me" tem uma abordagem musical dos Beatles, com seu pop rítmico, enquanto "I don't know" é uma balada de piano mais melancólica.

McCartney, que completou 76 anos na segunda-feira, surpreendeu os fãs, no dia 9 de junho, com um concerto no Liverpool Philharmonic Pub, na sua cidade natal, recorda a agência francesa de notícias.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.