Ruel tem apenas 17 anos, mas já soma milhões de seguidores em todo o mundo - no Instagram, o cantor é seguido por mais de um milhão de pessoas e soma quase 100 milhões de visualizações no Youtube.

"A afinidade de Ruel com a música tornou-se evidente desde tenra idade, quando começou a destacar-se nas suas aulas de canto e guitarra na escola primária. Mais tarde, quando começou a atuar em eventos escolares e a percorrer as praias de Sydney, a voz de Ruel cativou o público", pode ler-se na biografia do música disponibilizada online.

Mas as portas da indústria da música abriram-se em 2015, quando o jovem londrino foi descoberto pelo produtor M-Phazes (Eminem, Kimbra, Daniel Johns, Meg Mac) - a sua carreira começou a ser construída depois de Ruel enviar para o produtor uma versão sua do tema "Let It Go", de James Bay.

O primeiro EP, "Ready", chegou em 2018, apresentando o jovem músico ao mundo. "Not Thinkin' Bout You", "Younger" e "Dazed & Confused" foram alguns dos temas que conquistaram o público, somando milhares de reproduções no Spotify.

O segundo disco do músico chegou este ano, em setembro. Além do álbum "Free Times", Ruel lançou vários singles, como "Face to Face" e "Painkiller".

O sucesso do jovem músico, levou a que Shawn Mendes, com quem Ruel é frequentemente comparado, o desafiasse a abrir todos os seus concertos na Austrália e na Nova Zelândia. O jovem aceitou o desafio e teve a missão de "aquecer" o público na digressão do lusodescendente.

Além de Shawn Mendes, Elton John também já elogiou Ruel. "Ele tema a voz mais incrível que já ouvi num cantor de 14 anos", disse o músico britânico em 2017.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.