A autora do EP Guerreira, que comporta quatro faixas musicais, Elisângela Gomes, estreou-se como rapper na produtora Galáxia Records, de Dji Tafinha, no passado mês de Maio.

Desfiado a revelar que futuro perspectiva para a jovem artista, Dji Tafinha asseverou ao SAPO “Tenho a certeza que dentro de um ano a Elisângela será uma das rappers com maior relevância em Angola. Ela, na verdade, já é, porque quase não há. Então, arrisco-me em dizer que dentro de pouco tempo, e pelo ritmo com que ela trabalha, será uma das melhores do país”.

O astro aproveitou ainda a entrevista para tornar público o seu prazer em trabalhar com a Elisângela que, conforme afirmou, não apresenta qualquer dificuldade no trabalho em estúdio.

“Ela sempre cantou em off, embora nunca antes tenha apresentado nenhuma música, mas a verdade é que o bichinho sempre esteve lá dentro. É ela quem escreve as suas próprias músicas e isso acaba por facilitar o nosso trabalho em estúdio”, afiançou o CEO da Galáxia Records.

De realçar que Dji Tafinha está prestes a surpreender o mercado nacional e internacional com a obra discográfica Miracle, o seu primeiro álbum cantado 100% em inglês.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.