Sente-se vencedor mesmo sem, ainda, ter levado o galardão para casa. Vale-lhe o reconhecimento pela profissão, que descreve como uma parte de si. Nomeado em cinco categorias para os Angola Music Awards, Totó ST espera que o evento, que pela terceira vez premeia a música angolana, “ seja a grande festa da música nacional”. Mais maduro, o cantor reconhece que o seu mais recente trabalho, “Filho da Luz”, é também um reflexo das suas experiências de vida.

Ver Angola: Está nomeado em cinco categorias para o Angola music Awards. Como se sente? O que significam estas nomeações?
Totó ST: Sinto-me lisonjeado! E o facto de ter sido nomeado em várias categorias, por si só já é uma grande vitória. Estas nomeações significam o reconhecimento e um grande estímulo para a minha carreira artística.

Ver Angola: Descobriu a música muito cedo e aos 15 anos já cantava profissionalmente. Soube desde logo que a música faria parte da sua vida?
Totó ST: Felizmente sempre soube que era este o caminho a seguir. Comecei a cantar muito cedo, que nem sequer tive tempo para pensar noutra profissão que não fosse a de músico. A música é parte integrante do meu ser e tudo que sou e tudo que tenho é fruto desta, bela e profunda, profissão.

Ver Angola: Considera este seu último disco, “Filho da Luz”, um trabalho mais maduro”?
Totó ST: O “Filho da Luz” é naturalmente uma obra artística mais madura do que as duas obra anteriores, quer do ponto de vista técnico como do ponto de vista de elaboração/produção. É também uma obra com temas muito profundos e com muita espiritualidade, resultante das lições aprendidas ao longo desta caminhada, como espírito reencarnado.

Ver Angola

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.