A governante, que falava durante uma doação de 15 milhões de Kwanzas a orquestra, adiantou que a intenção é apoiar a base social da instituição e procurar criar condições para garantir uma formação adequada das crianças.

“Elegemos a Orquestra Sinfónica do  Kapossoca porque durante o Fórum Mundial do Turismo, apesar do seu cariz social, associou-se ao evento, demonstrando a interacção entre a cultura e o turismo.

Relativamente ao donativo, frisou ser resultante do patrocínio recebido de distintas instituições para apoiar na realização do 1º Fórum do Turismo.

Por seu turno, o responsável da Orquestra Kapossoka, Pedro Fançony, realçou que o apoio aumenta a base das condições para apoiar na vertente educativa e alimentar dos alunos.

A Orquestra Kapossoka fundada em 2008 conta actualmente com 1.120 jovens de famílias carentes e cheios de talentos.

Tem núcleos na Samba, Zango, Cazenga (Luanda) e no Sumbe (Cuanza Sul).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.