“Foi com lamento que tomámos conhecimento da impossibilidade da candidata Giselaine Nóbrega permanecer no concurso por motivos de saúde, facto diagnosticado por avaliação médica e confirmado pela família da concorrente, que acompanhou e esteve presente no decorrer do processo”, destaca a emissora.

De realçar que o regulamento do concurso consagra a possibilidade de exclusão de concorrentes caso a Produção do Programa, com o apoio de especialistas, constate que o candidato não está em condições físicas e/ou psicológicas para continuar a participar no concurso (Cláusula K, alínea d).

Ainda através do referido comunicado, a organização esclarece que a saúde foi o único motivo da não continuidade da concorrente, desejando as rápidas melhoras, para que em breve o público a possa voltar, isto é, numa próxima temporada do Unitel Estrelas ao Palco.

“A saída da concorrente Giselaine Nóbrega representa uma ausência de inestimável valor para o Programa, tornando evidente que a protecção da saúde e bem-estar dos candidatos se sobrepõe a tudo o resto. Manter-nos-emos em contacto permanente com a concorrente e a sua família, levando o calor e a força anímica necessárias para a sua rápida recuperação. O ZAP Estúdios aproveita para pedir a compreensão de todos em manter a integridade da nossa concorrente e da sua família”, Lê-se também na nota.

De relembrar que o Unitel Estrelas ao Palco (UEP) é um concurso de imitação e interpretação de artistas nacionais e internacionais, constituindo uma oportunidade para os jovens angolanos demonstrarem as suas potencialidades no domínio musical. Nesta edição, a produção percorreu seis províncias do país (Benguela, Huila, Huambo, Malanje, Cabinda e Luanda). Giselaine Nóbrega, natural da província de Huíla, foi uma das candidatas apuradas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.