A cantora Yola Semedo foi a grande vencedora da terceira edição dos Angola Music Awards, ao conquistar quatro prémios em Saurimo: Melhor Álbum do Ano, Melhor Artista Feminina, Melhor Tema do Ano em dois estilos, Kizomba e Semba. A cantora era a favorita, com sete nomeações na altura do evento.

O evento que deixou todos os olhos postos em Saurimo, cidade da Lunda Sul, teve como personagem principal, a cantora Yola Semedo. Yola arrebatou quatro prémios das sete nomeações em que estava a concorrer. Sobre a sua grande noite a mesma afirma: “Independente de ganhar um prémio, o facto de puder estar aqui a conviver e celebrar a cultura angolana é sem sombra de dúvidas muito gratificante para mim como artista. O facto de puder conviver com artistas e colegas que não vejo há muito tempo é ainda muito mais gratificante, porque eu sou fã de cada um deles.”

A primeira edição dos AMA, fora de Luanda, mexeu com a cantora. “O evento é uma forma de prestigiar a nossa cultura. Angola é grande, as coisas não devem acontecer só na nossa capital que nós amamos muito. Porque não levar a música às outras províncias? Claro que vamos encontrar sempre dificuldades, mas é a única forma de nós realmente darmos a volta por cima e melhorarmos aquilo que não está em condições. É preciso primeiro passarmos por sacrifícios para que possamos depois ir buscar toda a glória.”

Yola dedica o prémio de Melhor Álbum do Ano ao seu filho. ”É por este motivo que o título do álbum é ‘Filho meu’. O Carlinhos ensinou-me que a vida é muito diferente daquilo que eu pensava. E o facto de eu levar isto para o estúdio comigo, despejar a minha alma em todas as músicas, é um exemplo. Está aí a grande vitória, está aí o reconhecimento”, afirmou a cantora.

A artista a agradece e deixa uma mensagem aos seus fãs: Eu agradeço a todos por acreditarem em mim, por acreditarem naquilo que faço, que Deus vos ilumine, que Deus vos dê muita paz e muito amor, e mais força para continuar a trabalhar. Viva a música angolana.”

A cantora deliciou os presentes com uma última performance da música “Eu não entendo”.

Segue lista dos premiados da terceira edição dos Angola Music Awards:

Álbum do Ano: "Filho Meu" - Yola Semedo.

Música do Ano: "Meu Tudo" - Bruna Tatiana.

Artista Feminina do Ano: Yola Semedo.

Artista Masculino do Ano: NGA.

Artista Revelação do Ano: Anna Joyce.

Melhor Videoclip Musical: "Amor Robótico" - Coréon Dú

Melhor Rap/Hip-Hop: "Mesmo Assim" - NGA

Melhor Semba: "Você me abana" - Yola Semedo.

Melhor Kuduro: "São vocês" - Pai Latifa.

Melhor R&B/ Soul: "Curtição (A resposta)" - Anna Joyce.

Melhor Afro-Jazz/ World Music: "Ame Ndu Ku Sole" - Totó ST.

Melhor Afro-House/ Dance: "Encosta na dama do outro" - Bebucho Q Kuia.

Melhor Gospel: "Meu Tudo" - Angospel.

Melhor Música Popular do Leste de Angola: "É mamé" - Lemba Catchiokwe.

Melhor música Popular do Norte de Angola: "Matonti" - Kyaku Kyadaff.

Grupo do Ano: "Kwatsiru" - Tchobari.

Melhor Produtor Musical: "Filho dessa luta" - Mvula/Miguel Camilo.

O Angola Music Awards (AMA) é um concurso anual de cariz nacional, destinado aos músicos angolanos, com objectivo de abrir espaço aos compositores, intérpretes e criadores da música angolana, de todos os géneros, incentivar o interesse da população pela música como fonte de cultura e lazer.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.