De acordo com a publicação, em causa está a novela "A Única Mulher", transmitida pela TVI.

À revista, a autora brasileira frisa que o canal português plagiou a sua obra "A Sete Chaves", registada em Portugal no Instituto Geral das Atividades Culturais, em agosto de 2013. Marisa Medeiros garante ainda que se reuniu com Lúcia Feitosa, então responsável pela Casa a Criação, para apresentar o projeto.

Segundo a TV 7 Dias, José Eduardo Moniz, Lúcia Feitosa e ainda Renato Freitas, diretor da produtora Até ao Fim do Mundo, com quem Marisa Medeiros também teve uma reunião, deverão ser ouvidos em tribunal.

Auriberto Gurgel, advogado da autora brasileira, explicou à revista que tentou chegar a um acordo extrajudicial, mas que foi ignorado.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.