Desde 2010, quando protagonizou a série da SIC «Camilo, o Presidente», Camilo de Oliveira tem estado parado, não só pela falta de trabalho mas também por aconselhamento médico.

«Há cerca de dois ou três meses comecei a não ser capaz de assimilar nada. Estas séries que fiz (na SIC) mataram-me a cabeça e o meu médico aconselhou-me a descansar», explicou o ator a SapoTV.

No entanto, este afastamento não será para durar. «Não vou ficar parado por muito tempo», admitiu.

«Estou à espera de um bom programa e de um trabalho positivo. A televisão atualmente não tem nada de especial, tem um programa ou outro engraçado, de resto...», declarou, assumindo que a altura de crise que Portugal atravessa é ideal para que os programas de humor prosperem.

Ainda que não tenha sido convidado para trabalhar em televisão, o mesmo não se passa noutras áreas.

«Surgiu um convite para teatro, mas não gosto. Teatro não dá porque trabalha-se muito e tem de se estudar ainda mais», garantiu o ator de 87 anos, que confessou sentir falta do pequeno ecrã: «Tenho sempre saudades de fazer televisão, temos sempre saudades daquilo que gostamos de fazer.»

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.