Foram nesta terça-feira, 27, apresentadas em conferência de imprensa, no ZAP Cinemas, as novidades do concurso “BAI Dança com Ritmo”, programa de dança a ser exibido nas telas da ZAP a partir de Janeiro de 2020. Porém, os castings têm início agora em Setembro e as emoções já estão à flor da pele.

Entre as várias surpresas da aguardada aposta da emissora, um júri composto pelo cantor e “performer” C4 Pedro, a antiga bailarina Florinda Miranda, o coreógrafo Anderson Manjenje e a professora e mestre em performance artística de dança Ana Clara Guerra Marques, começa a fazer as emoções do público em relação ao concurso que vai reunir bailarinos extraordinários dos mais diversos géneros, de 6 das 18 províncias do país, nomeadamente Malanje, Uíge, Huambo, Benguela, Huíla e Luanda.

A conferência, que reuniu vários órgãos de imprensa locais e internacionais, foi conduzida pela dupla de apresentadores Daniel Nascimento e Micaela Reis, que dão cara ao programa, três membros do júri (com excepção de Florinda Miranda) e ainda a directora do Gabinete de Comunicação e Gestão de Marketing do BAI, e a directora do Marketing da ZAP e de Conteúdos do ZAP Estúdios.

De referir que além de colocar Angola a dançar, é intenção do programa exaltar a cultura nacional e os seus diferentes estilos de dança, com grande enfoque nas variáveis do ensino e da educação desta arte.

Embora tenha o júri a responsabilidade de escolher os melhores participantes, a permanência destes no programa, que contará com 11 galas eliminatórias e uma grande final, ficará sob responsabilidade do público. Até que, por fim, seja encontrada a performance vencedora.

Confira mais abaixo:

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.