A decisão de demitir o ator Jeffrey Tambor, o protagonista da série da Amazon "Transparent", foi confirmada pelos estúdios esta quinta-feira.

Depois de Tambor ter sido alvo de acusações de assédio sexual, a Amazon levou a cabo uma investigação interna, que anunciou esta quinta-feira ter concluído e que levou à decisão de demitir o ator. Assim, Jeffrey Tambor não regressará para a nova e quinta temporada da série de Jill Soloway.

"Estamos gratos a todas as pessoas transgénero que apoiaram a nossa visão para 'Transparent' desde a sua criação e continuo destroçada pela dor e desconfiança que a sua experiência tem gerado na nossa comunidade. Estamos a tomar ações concretas para assegurar que o nosso local de trabalho respeita a segurança e a dignidade de todos os indivíduos e estamos a dar passos para sararmos as feridas como uma família", disse a criadora da série em comunicado.

Jeffrey Tambor não demorou a reagir, emitindo também um comunicado em que se diz "profundamente desapontado com a forma como a Amazon está a lidar com estas falsas acusações".

"Estou ainda mais desapontado com a caracterização injusta que a Jill Soloway fez de mim como alguém que pudesse pôr em perigo os meus colegas de elenco. Na nossa história de quatro anos a trabalhar nesta incrível série, estas acusações NUNCA vieram à tona ou foram discutidas diretamente comigo por qualquer pessoa na Amazon", acrescenta o ator.

"Assim sendo, apenas posso concluir que a investigação contra mim teve falhas profundas e pendeu para a atmosfera tóxica politizada que atingia o nosso plateau. Como disse consistentemente, lamento profundamente se alguma ação minha foi mal interpretada por alguém e continuarei a defender-me veementemente. Também lamento que esta série pioneira, que mudou tantas vidas, esteja agora em perigo. Para mim, essa é a maior dor", acrescentou Tambor.

Jeffrey Tambor já tinha dito em novembro, depois de terem surgido as acusações contra si que "não via como poderia voltar a 'Transparent'".

Trace Lysette, uma das atrizes transgénero da série, disse que o ator a assediou por várias vezes durante a rodagem de "Transparent". A atriz foi a segunda mulher transgénero a acusar Tambor. A sua ex-assistent Van Barnes também já tinha vindo a público dizer que o ator se tinha comportado de uma forma sexualmente inadequada.

"Transparent", um retrato de um homem de 70 anos que se assume como uma mulher transsexual perante a sua família, foi, desde o início, um sucesso junto da crítica. Tambor venceu dois Emmys pela sua interpretação.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.