"La Casa de Papel" regressa à Netflix a 19 de julho e ainda há muitas perguntas sobre os próximos passos da equipa do Professor. Na visita aos bastidores da série, em Madrid, o SAPO Mag conheceu os bastidores do novo assalto.

Como revela o trailer, o arranque terceira parte da série é marcado pelo reencontro do Professor com os seus aliados, que estão espalhados pelo mundo. O motivo? Rio (Miguel Herrán) foi detido pela polícia e o grupo está disposto a tudo para libertar o colega.

E depois do assalto à Casa da Moeda, a equipa do Professor vai invadir o Banco de Espanha, na zona dos Nuevos Ministerios (que servem de fachada), em Madrid.

"Escolhemos fazer um assalto no Banco de Espanha porque não havia nada mais completo (…) O nível de segurança é tão grande que será quase uma missão impossível", frisa o criador da série, Álex Pina, ao SAPO Mag, num dos corredores centrais do cenário onde decorrem os novos episódios. "Pensámos: o que podemos fazer de mais complicado e que seja mais interessante para o espectador?", acrescenta.

A dimensão do cenário é duas ou três vezes maior, em relação à primeira temporada da série que foi originalmente criada pelo canal espanhol Antena 3. Com a estreia na Netflix, a história tornou-se um sucesso mundial, sendo eleita pela Academia Internacional das Artes e Ciências da Televisão como a melhor série dramática de 2018, na cerimónia dos International Emmy Awards.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.